27 de ago de 2010

DITADURA - Eu me lembro... De volta? Nem pensar!



PELAMORDEDEUS!

A Dilma pode não ser a oitava maravilha do mundo, ela tem defeitos como todos nós! Mas tentar usar sua luta durante a Ditadura é negar um movimento do qual eu peguei uma parte (final, é claro)! É negar uma luta que hoje nos dá o direito de escrever o que bem entender sem ter medo de "acordar" no fundo do Guaíba!

Eu lembro das pessoas aos prantos quando da Anistia! Eu lembro que todo mundo tinha medo de falar qualquer coisa que algum vizinho pudesse ouvir! Eu lembro que antes de qualquer programa de TV aparecia uma tela escrita "Censura Federal". Eu lembro do Figueiredo interrompendo a programação e colocando medo nas famílias...

Lembro das conversas de alguns tios meus que falavam dos estudantes que tombavam... Eles podiam não lutar por esta Democracia que hoje temos, mas lutavam pelo o que acreditavam ser melhor, tudo menos o terror de ver seus parentes e amigos sumirem!

Eu fui casada com um ex-agente do DOPS!! Um louco que acordava de madrugada teimando que alguém tentava entrar em casa e que por qualquer coisa explodia em raiva. Que nas horas de depressão, em que o álcool já lhe tirara o tino, vomitava os horrores que foram feitos naqueles anos idos!!

Tem coisas que não basta ler nos livros, tem que ter vivido ou ter sentado para ouvir quem viveu... 

Só pelo fato da Dilma ter assumido uma posição, já tem minha admiração. Se eu tivesse idade, naquela época, com certeza teria feito o mesmo. Ela não ganhou meu voto só por isso, entretanto sei que se for preciso ela não vai correr da raia como muitos preferiram fazer e voltar depois que a poeira baixou,  e que agora se lambuzam na liberdade que foi conquistada à fórceps por "sequestradores" ou "bandidos".

O cerne da questão é que as pessoas fizeram o que o momento histórico pedia, não dá para analisar as coisas de forma descontextualizada. Ou é ingenuidade ou é ma-fé...

 

Um comentário:

  1. muito bem, falou o que sempre penso, so temos esta liberdade hoje porque pessoas, como a dilma tiveramm a coragem de lutar contra a ditadura, eu vivi todos aqueles anos., e digo, a dilma alem do voto, merece estatua em praça publica, como grande heroina desta nação.

    ResponderExcluir