29 de nov de 2010

Em romaria Padre bota colunista social para correr.

Texto recebido por e-mail na manhã de hoje:

"De microfone na mão e dedo em riste, o Padre Paulo, da Catedral Santa Terezinha, de Joaçaba expulsou literalmente a nossa colunista Juanna Figueiredo, da cobertura da Romaria de Nossa Senhora das Graças, que acontecia neste domingo, 28, ao ar livre no monumento da Santa, na BR282 altura do CPJ-Centro de Promoções de Joaçaba.

A fúria do religioso tem antecedentes.

Em fevereiro, na realização da Romaria de Frei Bruno, o mesmo Padre Paulo mandou que os políticos todos, inclusive o governador de Santa Catarina, Leonel Pavan e o deputado estadual Jorginho Mello, fossem bem pra traz. Alegando que os políticos só querem aparecer.

 

A repórter Juanna Figueiredo, que cobriu o evento de Frei Bruno e viu o afastamento dos políticos, que inclusive abandonaram a caminhada antes do fim do percurso, ao ver agora o Presidente e Vereador do PT, Ademir Zanquetta (sic) se posicionando junto ao andor da Nossa Senhora de Graça,cobrou o mesmo posicionamento do padre.

“Na Romaria do Frei Bruno, o senhor correu com os políticos dizendo que queriam aparecer; e apontando para Zanchetta, disse ao Padre Paulo, ele também é político, manda ele sair daí...”

Foi quando o Padre, que já andava indignado com a repórter, desde a eleição do segundo turno, quando ela distribuiu os PANFLETOS da CNBB, nas portas da catedral de Joaçaba, não deixou por menos.

De dedo em riste, em público, e no microfone gritou: “Te arranca daqui! Veio pra tumultuar vá-te embora! Pega o teu carro e te arranca daqui!"

Constrangimento total! Como Juanna Figueiredo, é católica praticante e fervorosa, devota de Nossa Senhora, tendo inclusive oferecido a CAPA da edição do Jornal de sua propriedade para chamamento da Romaria, permaneceu no local.

Chorando o tempo todo da celebração, porém permaneceu no local.
Só não participou do almoço, (que inclusive ele bateu record  (sic) na venda de ingressos), por que não tinha clima."

Não sei de quem é a autoria da foto, veio junto com o e-mail, mas o vereador citado é o moço de camisa vermelha que tem uma forte atuação junto à comunidade católica, sendo inclusive um dos que trabalharam para que o evento acontecesse. Literalmente arregaçou as mangas.

Diferentemente de políticos que aparecem neste tipo de evento só para aparecer nas colunas sociais de alguns periódicos locais, este vereador é antes de tudo uma pessoa que faz a diferença na comunidade católica de Joaçaba e região. Não estava ali na qualidade de "político" e sim de "fiel praticante".

Apesar de eu não ser católica tenho na postura deste moço um modelo de um bom cristão e de uma pessoa de bem. Se para ele carregar a Santa é importante, que ele tenha este direito. Fez por merecer, ora essa!

Cada uma que só rindo para não chorar...

3 comentários:

  1. O padre fez o que mt gente queria ter feito, Jba que conviver com este tipo de gente, meu Deus!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente A IGREJA PREGA UMA COISA E FAZ OUTRA!
    Um dia corre com o Governador e no outro, coloca o PT a puxar o ANDOR.
    Mas que EU ME LEMBRO, esse pessoal escreve por ouvir dizer . Não viu nem ouviu NADA.
    Eu continuo pensado e agindo do MESMO MODO>
    LEI TEM QUER IGUAL PRA TODOS!

    ResponderExcluir