27 de jan de 2011

Pássaros são apreendidos com criador na Vila Pedrini

Foi uma denúncia anônima, parabéns para quem teve coragem e fez algo para frear este criminoso... As iniciais do pilantra são M.A. - assim que eu descobrir o nome eu divulgo pra tudo mundo saber quem é ele. Se tem coragem de reincidir no crime, vai ter que ter coragem de mostrar a cara!

Agora, ler num jornal local que "não havia sinais de maus tratos" é o fim da picada! Nénão, Soldado Costenaro?! Até parece que o senhor desconhece os caminhos que estes animais percorrem e quantos morrem por conta da ganância e ignorância dos humanos...

Saiu no DC - Mais de 130 aves silvestres são apreendidas em Joaçaba, no Meio-Oeste

Pelo menos 130 aves silvestres foram apreendidas em uma casa do bairro Vila Pedrini, em Joaçaba, no Meio-Oeste, por volta das 17h desta terça-feira. A Polícia Militar Ambiental (PMA) faz a triagem das espécies. Todas devem ser encaminhadas nesta semana ao Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas), em Florianópolis.

Entre as aves há espécies nativas de todas as regiões brasileiras. Algumas estão na lista das ameaçadas de extinção. Os animais estavam em gaiolas e viveiros na casa de um homem de 34 anos, que deve responder a um Termo Circunstanciado (TC) e pagar multa por tráfico de animais silvestres, que pode chegar a R$ 80 mil.

Tucanos, azulão, trinca-ferro, marianinha da cabeça amarela e pichochó (uma ave nativa da região nordeste) estão entre as espécies apreendidas. Alguns animais estavam com anilhas sem numeração, usadas para tentar burlar a fiscalização.

Segundo Teylor Comunello, soldado da PMA, algumas aves apresentam ferimentos. Um sabiá, por exemplo, tem um dos olhos furados. Por enquanto, todos permanecem no viveiro da polícia, que fica em Herval d'Oeste, cidade vizinha à Joaçaba.

— Os animais estão recebendo comida, água e sendo catalogados. Em seguida, serão encaminhados o Cetas, onde devem ser reabilitados para voltar à natureza — disse o policial.

Ele ainda revela que o dono das aves teria alegado manter os animais em casa por hobby. Há informações de que todas as espécies seriam comercializadas. O homem já responde por um crime semelhante, por conta de uma apreensão feita em 2005.

A PMA chegou à residência onde estavam as aves depois de uma denúncia anônima.




Nenhum comentário:

Postar um comentário