30 de jan de 2011

A Tríplice Lambança em terras joaçabenses:

(publicado no Jornal Cidadela em 28/01/2011)

No dia 19 de novembro este jornal me permitiu expor a minha opinião no artigo “Política e Salsichas”, se pudessem alguns me queimariam em praça pública; confesso que devo ter virado motivo de "vodoo”... Hoje relendo aquelas “mal traçadas linhas” dou risada de muita gente que disse que eu era doida. Posso até ser, mas não é por conta de saber que nossa política local é piada. Talvez pelo fato de pela boca das crianças e dos malucos é que saem as maiores verdades. Como já não sou mais criança... Posso ser doida, mas não sou incoerente!

Pelamordedeus! Em 2008 alguns peemededistas de carteirinha me colocavam contra a parede com a seguinte pergunta: “Bete, como pode uma pessoa tão inteligente como você se aliar a este bando de safado?”. Eu sempre respondia “Voto pelos animais” (Vá lá que tomei um “ferro” daqueles, mas nunca iria imaginar o que estou vendo hoje). Agora não sei mais nada! Das duas uma ou os tais “safados” de 2008 não eram tão safados assim ou os que me censuravam eram tão safados quanto... Vai saber...

Reeditaram a Tríplice Lambança. Os “coronéis” da região vão continuar mandando na cidade (como se alguma vez eles tivessem deixado de dar as ordens). O que me admira é que em troca de uns cargos para alguns “colaboradores” deixa-se de lado a oportunidade que a cidade tinha de ser melhor atendida pelo Governo Federal. Isso sim eu chamo de troca “burra” (para os cidadãos, é claro).

Não sejamos ingênuos de duvidar que se alguém do município tem alguma afinidade com quem manda em Brasília isso facilita em muito as coisas. As portas se abrem, todos sabem disto. Veja o que acontece do outro lado da ponte! Herval d’Oeste o tempo todo noticia que, com verbas ou com o incentivo Federal, está fazendo isto ou aquilo. Esta semana foram as tais casas populares. O PMDB local bem que podia aproveitar o fato do vice-presidente ser um peemedebista... Joaçaba iria ganhar tanto com isso...

Ta! Nosso PMDB preferiu se aliar aos antigos inimigos. Falando nisso, encontrei algumas frases que acho interessante trazer aos leitores. Não vou citar os autores, se precisar (em um eventual processo) tenho como dar os referidos nomes aos bois: “Dia 5, vote sic com consciência, vote em quem tem caráter, não precisa pensar muito, todos estamos vendo o que ta acontecendo do lado de lá.”, “Caiu a máscara mesmo..se o principal idealizador do Juro Zero disse que não deu certo e o programa nem existe mais, o Colombo e o adversário estão mentindo descaradamente...”, “O Jarbas Vasconcelos levantou a ponta do tapete: ‘não basta mudar pessoas é preciso mudar as práticas’. Ninguém pode contestá-lo: o PMDB é corrupto até prova em contrário. Há muita coisa podre no reino de Ulysses. A ambição é a madrinha da corrupção.”

Não vamos mais chorar sobre o leite derramando, tratemos de cuidar do pouco que ainda resta na cumbuca: as CPIs! Quais de vocês, leitores, lembraram que o PMDB faz parte delas? OK, o Executivo garantiu mais dois votos na Câmara e isso me remete ao Dr. Mário falando que a Administração Armindo é caso de polícia – tratando do parque de máquinas - mas na CPI dos Combustíveis não vão poder ignorar a informação de que um carro da PMJ conseguiu rodar mais de 600 quilômetros em apenas 22 minutos. Quase um avião! 800km/h é coisa de Guiness Book! Ou uma baita safadeza com o dinheiro público...

E quanto à CPI das máquinas, esta eu estou tranqüila, eu ouvi a apresentação daquele senhor que mostrou fotos e falou para quem tivesse ouvidos de ouvir que o nosso vice-prefeito usava as máquinas da Prefeitura em sua propriedade particular. Se tentarem transformar as CPIs em “La Grande Pizzerie”, não vai faltar cidadão de bem para gritar aos quatro cantos que “aí tem”. Espero que o Dr. Rafael ou outro promotor que esteja “no cargo” esteja preparado.

Não há como fazer de conta que não sabemos o que aconteceu. Não é porque as pessoas que “mexem os pauzinhos” ficaram “amiguinhos” que o resto da população vai deixar passar os absurdos ocorridos!

Reeditem a Tríplice Lambança, mas não pensem que somos idiotas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário