31 de mai de 2011

Nota do Dep Estadual Neodi Saretta aos Professores de SC:

Taí mais um bom motivo para eu dar graças a Deus por ter acertado meu voto!

Enquanto isso o Governador de Santa Catarina se empirulita pras Európias e e dá uma banana para o Magistério (e os puxa-sacos se escondem para não dar apoio à categoria...) 

"Prezados professores, desde as primeiras sessões plenárias, na Assembleia Legislativa, tenho abordado a educação. E agora, por diversas vezes falei em plenário, sobre a grave situação em que se encontram os professores de Santa Catarina, devido ao não cumprimento, por parte do governo do estado, em relação ao piso do magistério.

Sempre que se fala em melhorar a educação, chega-se ao ponto chave que é a obtenção dos recursos e, o financiamento da educação não pode ficar em segundo plano.


Sou contra a Medida Provisória do governo do estado, que foi enviada a assembléia legislativa. Há um grande equívoco do Governo, pois promove o achatamento salarial e de carreira.


Nos primeiros dias, como deputado estadual, protocolei a primeira Proposta de Emenda Constitucional , da Assembleia Legislativa, onde prevê o aumento de 25% para 30% dos recursos destinados a educação. Aumentar o percentual da educação é fundamental para criar um mecanismo de maior apoio financeiro, possibilitando um melhor desenvolvimento do ensino. Isso também resolveria esse impasse, pois o estado teria recursos financeiros suficientes para pagar um salário justo sem o achatamento da carreira.


Queremos que os professores sejam motivados a dar aula, queremos que tenham melhores condições de ensino, pois a educação vem sim em primeiro lugar.


Outra solução, para melhorar o salário dos professores e dar mais condições de ensino, está também em minha outra Proposta de Emenda Constitucional, onde os salários dos inativos deverão ser pagos pelo caixa do estado e não mais do montante dos 25% que hoje é aplicado para o desenvolvimento do ensino. Os professores aposentados continuarão a receber seus salários normalmente, mas o valor sairá de outro caixa e isso, inclusive, tem parecer favorável doTribunal de Contas do Estado (TCE), que já emitiu parecer prévio das contas anuais, recomendando que não se use este valor no calculo dos 25% que é aplicado na educação. Só com essa medida, O estado terá mais de 240 milhões anuais para investir em educação e sim, melhores salários.


Apoio a luta dos professores, e volto a dizer que o governo precisa tomar uma atitude IMEDIATA e propor alternativas, ACEITÁVEIS, para solucionar esse impasse. E tenho certeza, que todos vocês, gostariam, nesse momento, de estar em sala de aula ensinando e educando crianças e jovens a serem cidadãos do bem e preparados para prosseguir na universidade, com a mesma qualificação dos que tem mais oportunidade. E reafirmo meu compromisso com vocês e repito É INACEITÁVEL desmerecer essa categoria, É INACEITÁVEL desmerecer o professor que é a base para formar bons cidadãos.


Um grande abraço e contem com meu apoio.


Deputado Neodi Saretta" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário