2 de jul de 2011

A Semana

(publicado no Jornal Cidadela em 01/07/11)

Esta semana se tornou impossível escolher um único tema. Tantos acontecimentos e tantas notícias que vou pedir licença aos amigos para dar meu “pitaco” em tópicos. Sei de antemão que muita gente vai torcer o nariz para o que eu escrevi aqui, mas é o que penso. Quem não gostar escreva algo e manda pro Mário que ele publica!

CASO ANDREZZA – depois de um ano de “trabalho” da polícia local o Promotor resolve chamar o DEIC. Em poucas semanas o caso está solucionado (não adianta o Dr. Delegado emitir Nota Oficial, já vazou tudo lá pela Capital). O DEIC fez barba, cabelo e bigode. Descobriu que um político local - atualmente nos quadros da Prefeitura de Joaçaba por conta de um cargo de confiança – pediu para os pais de uma vítima que não denunciassem um ataque executado por seus funcionários. Dois dias depois outros pais não tiveram a mesma “sorte”, sua filha fora cruelmente assassinada. Não sei se fico mais indignada com este político que preferiu poupar seu nome e imagem ou com os pais omissos que optaram por deixar dois monstros à solta. Está aí a prova de que a omissão é nefasta, sim. A omissão mata! E a sensação de que algo estava nos sendo sonegado cada dia fica mais forte... E o pai fora até apontado como suspeito! Eu, no lugar dele, processaria quem deu aquelas entrevistas infames...

GREVE DOS PROFESSORES – SC está um barril de pólvora. Hoje, quarta-feira, são 44 dias de greve. E o onde está o Governador, o Vice e o Secretário de Educação? Estão viajando e tentando enganar a população lançando Notas na imprensa (pagas com o nosso dinheiro) alegando que a greve acabou ou apresentando maquiagens das Folhas de Pagamento como se Professor não soubesse fazer conta e não tivesse meios de se organizar e responder à altura. No Twitter o assunto está pegando fogo, mas todos sentimos falta do Deputado Jorginho Mello. Sumiu! Ah! Mas ele não sumiu apenas do Microblog, não dá as caras por aqui faz algum tempo! Ou se veio não apareceu para a imprensa. Nem um pronunciamentozinho... Em contrapartida Neodi Saretta, Luciane Carminatti, Dirceu Dresch e seu par lá de Brasília, Pedro Uczai, fizeram questão de mostrar de que lado estão: do lado de quem “rala” e ganha uma “merreca”! Deixa pra lá. Qual o cargo mesmo da ex-mulher dele?

BURACO DA RODOVIÁRIA – a Administração Municipal bem que podia ter se valido da urgência e ter usado a lei que lhe autorizava a inexigibilidade de licitação e ter mandado consertar o buracão tão logo ele abriu. Vem com a lenga-lenga de que prefere fazer as coisas dentro da legalidade. Tudo bem, este argumento seria louvável se este procedimento fosse a regra... Saiu a licitação. Aleluia! Seis meses para a obra ser entregue!? E só começa “depois que a água baixar”... Ainda bem que a ponte Jorge Lacerda é obra do Governo do Estado, se ela cair... Joaçaba é cidade pequena, não tem grandes obras. Se fosse uma estação de metrô levaria uns dez anos! Ah, mas tem a rodoviária “nova” para nos lembrar da agilidade da Administração Rafael Laske. [lembrei de uma amiga de faculdade que usava a seguinte expressão: “se mandar cuidar de dois frangos congelados um voa”].

CONFERÊNCIA DE SAÚDE – nesta sexta-feira está acontecendo a III Conferência Municipal de Saúde, lá na UNOESC. Saiu por conta do trabalho incansável do Presidente de Conselho Municipal de Saúde. Homem que perdeu noites e finais de semana preparando tudo para que o evento seja um sucesso. Trabalho voluntário, cidadania posta em prática. Recebeu a ajuda de outras pessoas (que nem são servidores da Secretaria de Saúde – outros cidadãos comprometidos com o município e seus moradores). Abro os jornais e as redes sociais e me deparo com a notícia de que é a Secretaria de Saúde que está à frente dos trabalhos e leio entrevistas do Secretário como sendo ele o grande articulador de tudo. Engraçado, né!? Tamanduá come formiga e elefante leva a fama! Faça uma pergunta mais técnica ou sobre os trabalhos de bastidores para ver quem é quem nesta história toda... O trabalho é voluntário, não custa nada “dar a César o que é de César”... No evento das Entidades que foi promovido pelo Conselho Municipal de Assistência Social foi a mesma novela. Assim os voluntários desanimam e logo o povo da Prefeitura vai ter que trabalhar de verdade! Nossos mandatos estão acabando...

CPIs – estou escrevendo “estas mal traçadas linhas” na quarta-feira à noite, talvez até a hora em que vocês as estiverem lendo alguma outra novidade já tenha ocorrido com relação ao Mandado de Segurança impetrado pelos vereadores derrotados. Não tenho bola de cristal, vou esperar. Mas eu duvido que vocês já estejam sabendo da nova tática do Prefeito! Conhecem a máxima “contra fatos não há argumentos”? Pois é! Na impossibilidade de se desvencilhar dos fatos apontados na CPI dos Combustíveis o moço está se articulando para pedir a nulidade de todo o processo da CPI por alguma irregularidade formal, do tipo “contratação do advogado”. Ninguém me contou, eu tenho“ouvidos de tuberculoso” e se as paredes forem finas fica bem mais fácil.  Sei que o Promotor está trabalhando com afinco nos fatos da CPI da Agricultura, são nove procedimentos investigatórios. Logo logo ele vai querer entender como um carro que sempre vai às revisões consegue gastar 2,1 litros de gasolina por quilômetro. É esperar pra ver. No MP eu confio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário