31 de jan de 2012

Se for pra fazer...

(publicado no Jornal Cidadela em 27.01.2012)

Feliz Natal, Joaçaba! OOps! Não é mais tempo de Natal? Como assim? A cidade está toda enfeitada... Por onde eu passo nas ruas do centro vejo enfeites pendurados e “palanques” verdes plantados (ainda não entendi bem o que era para ser aquilo), climão de Natal no final de janeiro. Uma espécie “Natal fora de época”? Já ouvi falar de Carnaval fora de época. Vai que é mais uma inovação da gestão Mamão/Joventino... Ou, quem sabe, estes adereços serão utilizados em tempos de Carnaval? Nada disso! É desleixo mesmo! Vergonha para a gente daqui e motivo de piadas para os parentes e amigos que vêm nos visitar.

Em 2010 fui criticada por ter sido ácida nos meus comentários sobre os festejos de Natal. Este ano eu lamentei o mal tempo, pois o show e o local foram bons. Mas eu preferi me manter quieta quanto os demais detalhes: iluminação e Vila Encantada. Se o local do show foi muito bem escolhido (aliás, a praça foi construída para isso) a decoração foi uma vergonha. Se forem neste caminho no máximo poderão competir com alguma cidade vizinha. Gramado será sempre uma utopia.

Durante um mês ouvi de várias pessoas: “Escreve sobre esta vergonha!” Deixei passar, afinal bastava ter olhos de ver para saber que o discurso nada tinha a ver com a realidade. Falaram em mais ruas com aquele túnel de LEDs. Usaram a mesma quantidade do ano passado e usaram o “truque” de espaçá-los. Tivemos mais ruas, mais feias. Longe daquela sensação de túnel. Ainda mais por conta de que muitas já “nasceram” mortas o que passava uma sensação estranha. Será que usaram coisa reaproveitada ou de péssima qualidade?

A Vila Encantada era um amontoado de objetos sem o menor critério com relação à escala. Anões gigantes chegavam a dar medo. Não sei se os itens vieram de um “saldão” ou o gosto do responsável pela aquisição (ou aluguel) destes é que é pra lá de questionável. Com o belíssimo Carnaval que temos não é possível que não exista alguém com competência para levar à magia do Natal o mesmo bom gosto que vemos nos carros alegóricos. A Vila Encantada mereceu um “zero”. Ainda bem que crianças ainda vivem num mundo encantado onde isso é irrelevante. Só turistas perceberam...

Eu aprendi com a minha mãe que quando a gente se propõe a fazer algo deve fazer o melhor possível. Talvez o “melhor possível” de alguns seja isso. Pelos menos é que se percebe pela qualidade dos serviços de “revitalização” que estão por aí, A calçada da XV já é motivo de gozação com aqueles postes mal posicionados e aquela “ciclofaixa” que é um convite a um atropelamento. As calçadas do centro estão sendo construídas sem retirar as lajotas antigas,. Vai ficar um serviço “lindo”, um remendão.

Agora por estes dias tenho visto um trabalho de tapa buracos. Bacana... Se não fossem nos acostamentos! Os acostamentos da Rio Branco e da XV de Novembro estão ficando um tapete! Se está sobrando asfalto traga tudo para as ruas dos bairros. A Antônio Gonzaga que é itinerário dos ônibus é uma vergonha. Eu não caio em mais nenhum. Os desavisados deixam suspensão e escapamento. Esta de “só limpar onde a noiva passa” em tempos de internet não vale mais. Coisa da velha política que não serve mais.

Sr. Prefeito, não adianta ir à imprensa e dizer “estamos melhorando a vida das pessoas da nossa querida Joaçaba”, faça alguma coisa de eficaz! Todos estão de saco cheio,até mesmo aqueles que te batem nas costas, só que estes nunca darão o braço a torcer. Ainda mais em tempos de composição onde cada um trabalha para garantir sua tetinha... E feliz 2012 – já que o Natal se foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário