26 de abr de 2012

Nota de repúdio à aprovação da reforma do Código Florestal e como votaram os Catarinenses:

     Foi aprovada na tarde desta quarta-feira, 25, a reforma do Código Florestal. O relatório de autoria do deputado Paulo Piau (PMDB – MG), modifica significativamente o texto aprovado no Senado, e defendido pelo governo federal. O texto de Piau é considerado por especialistas o pior do pior, um “retrocesso espantoso na política ambiental” como afirmou o deputado Alfredo Sirkis (PV-RJ). Já para o deputado Ricardo Trípoli (PSDB-SP), ela “atende a objetivos de poucos, e não se está falando do pequeno proprietário, mas de grandes investimentos“.
     Uma das principais modificações feitas para atender o interesse dos ruralistas está na exclusão do artigo 1º do texto aprovado pelo Senado, que definia princípios que caracterizavam o Código Florestal como uma lei ambiental. Como disse um deputado ao defender o relatório do Piau, o Código Florestal trata das questões rurais. Assim, a retirada deste artigo transforma o Código Florestal em uma lei de consolidação de atividades agropecuárias ilegais, uma lei para anistiar criminosos.

     A pouco menos de dois meses da Rio +20,  o país retrocede vertiginosamente na legislação ambiental. E dificulta o alcance das metas de redução do desmatamento objetivadas pelo governo federal. Os deputados, visando apenas os seus interesses, e o lucro dos ruralistas que financiam suas campanhas, esqueceram-se de representar a vontade da população brasileira, que é contra tal aprovação, e impuseram o código ruralista.
     Desta forma, nós, do E esse tal meio ambiente?, reiteramos nossa posição contrária ao documento aprovado pelos deputados. Consideramos o documento um retrocesso na política ambiental brasileira, e também no processo de construção do desenvolvimento sustentável deste país.
     Acreditando na sensatez e integridade moral da presidente Dilma Rousseff, juntamos nossas vozes à centenas de outras que pedem a presidente que cumpra a sua promessa, e vete na íntegra o código aprovado na Câmara
Publicada em E Esse Tal Meio Ambiente?


Veja quem votou a favor das florestas (sim):

Parlamentar
UF
Voto
PMDB
Celso Maldaner
SC
Não
Edinho Bez
SC
Não
Mauro Mariani
SC
Não
Rogério Peninha Mendonça
SC
Não
Ronaldo Benedet
SC
Não
Valdir Colatto
SC
Não
PP
Esperidião Amin
SC
Não
João Pizzolatti
SC
Não
PPS
Carmen Zanotto
SC
Não
PSD
Jorge Boeira
SC
Não
Onofre Santo Agostini
SC
Não
PSDB
Jorginho Mello
SC
Não
Marco Tebaldi
SC
Não
PT
Décio Lima
SC
Sim
Luci Choinacki
SC
Sim
Pedro Uczai
SC
Sim


A lista inteira você vê aqui:  O Eco Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário