31 de jan de 2013

Prefeito de Joaçaba rasga Relatório de Conferências e faz uma nomeação esdrúxula para a Secretaria!


Abrindo parênteses:

ImagemO QUE É UMA CONFERÊNCIA

Uma conferência convocada pelo poder público é uma ferramenta própria de fomento à participação social, uma iniciativa que tem por finalidade institucionalizar a participação da sociedade nas atividades de planejamento, gestão e controle de uma determinada política ou conjunto de políticas públicas. Trata-se de um momento de reflexão que permite avaliação de ações realizadas anteriormente e o aprofundamento da discussão a respeito dos temas propostos.

É um espaço público de debates, um mecanismo institucional de democracia participativa. Uma conferência nacional é resultante de outras diversas conferências realizadas em nível local, municipal, regional, estadual e federal. Conferências nacionais são, dessa forma, grandes fóruns organizados, em que os diversos segmentos da sociedade debatem, por meio de metodologia específica, todas as políticas públicas do país que sejam referentes aos temas discutidos. A transparência pública e o controle social são os temas centrais da 1ª Consocial.

Conferências de Assistência Social:

As Conferências de Assistência Social são espaços de caráter deliberativo em que é debatida e avaliada a Política de Assistência Social. Também são propostas novas diretrizes, no sentido de consolidar e ampliar os direitos socioassistenciais dos seus usuários. Os debates são coletivos com participação social mais representativa, assegurando momentos para discussão e avaliação das ações governamentais e também para a eleição de prioridades políticas que representam os usuários, trabalhadores e as entidades de assistência social. 

Pois é... Nestes dois últimos anos participei das etapas municipais, estaduais das Conferências de Assistência Social, de Saúde e da Consocial - e federais da de Assistência Social e da Consocial. Em todas estas reuniões - OITO ao todo - o que mais se falava é de nomeação de gente tecnicamente competente para a ocupação de cargos em comissão. Entenda que não se falou em concurso, pode ser até gente aliada, que ajudou o prefeito, governador, presidente se eleger. 

É pedir muito? Não é possível que no "time" do vencedor não haja alguém com uma formação mínima para o cargo. Procura que acha!

Não gosto do PSDB, mas sei reconhecer quando um tucano é competente. Foi assim na campanha pra prefeito, foi assim durante a atuação do Waldemar Rossem Júnior. Um tucano à frente da Secretaria de Ação Social de Joaçaba. Conheci melhor o trabalho dele na organização da Conferência Municipal de Assistência Social. Era alguém que sabia o que significa SUAS, e eu não estou falando somente da sigla...

Entre o período eleitoral até a posse a Secretaria de Ação Social era a esposa de um radialista mais perdida do que cachorro caído de caminhão de mudança. Deu um "balão" tamanho GG ao se dizer muito feliz em estar numa audiência pública que tratava da violência contra as mulheres. Quem em sã consciência fica feliz em ter que debater um tema que nem deveria existir? Sem contar que os 20 minutos que eram para serem usados pela gestora pública ficaram no vazio. Nada a declarar quando não se sabe nem o que se está fazendo... Ah, ela trabalha na Secretaria, aproveitaram uma funcionária. OK, como secretária ela foi uma ótima professora de dança.

Mas o que me fez "cair o cu da bunda" foi a nova nomeação!! Se a gestão tampão já estava ruim imagina agora!? 

O ex-vereador, ex-delegado, ex-prefeito de Piratuba "Doutor" Mário Wolfart foi nomeado Secretário de Ação Social!! O que ele entende de SUAS? Aliás, o que ele entende seja lá o que for dos programas e políticas públicas da Pasta?

Nos dois anos que fui conselheira de Assistência Social nunca vi nenhuma menção de interesse no assunto por parte do então vereador. Sequer botou os pés em duas Conferências Municipais (2009 e 2011)...

Com a idade que tem duvido que tenha ânimo para encarar uma espacialização ou aqueles cursos que deixam a gente doido de tanta informação...

SUAS não é pra qualquer um! Muita Assistente Social formada e pós graduada "grama" com as novas políticas de combate à extrema pobreza, quem dirá quem não tem a menor afinidade com o assunto? Eu nem estou falando dos relatórios que o CMAS prepara e exige explicações do Gestor...

Eu sei, este senhor é formado em Direito. Formado em que ano mesmo?? Eu me formei há onze e já estou defasada.

Não dá! Nada contra a pessoa do Mário Wolfart [nada de "Doutor" porque nem eu e nem ele temos Doutorado, somos apenas formados em Direito], mas uma Pasta tão importante precisa de alguém com conhecimento técnico e isso não se adquire num simples "nomear".

Nessa aí o Mamão enfiou o pé na jaca. Fica aquele bordão: Nada está tão ruim que não possa piorar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário