16 de jul de 2013

Cachorrinha adotada de tarde é encontrada abandonada numa rodovia à noite! Como assim?



Esta cachorrinha foi recolhida pela Simone Dantas e levada à Auquemia Veterinária para receber os atendimentos e ter um local para ficar até a adoção.  Foi castrada, estava lá para adoção, tudo às custas da protetora que a recolheu.

Ontem - 15/07/2013 -  alguém adotou ela. O surpreendente é que à noite ela foi encontrada nas margens da BR 282!! 

Ainda bem que a Sabrina Lopes prestou atenção nas condições do bichinho e o trouxe pra casa - estava cheirosinha e com a barriga raspada da castração...

Agora ela voltou pra casa da Simone e precisa de um lar de verdade e não de alguém que, se não abandonou, nem se incomodou com o sumiço do bichinho... 

Absurdo! Como uma pessoa retira um bichinho de um local que está sendo bem cuidado para depois deixá-lo à própria sorte???

Alguém vai dizer: "e se a cachorrinha fugiu?". Pois é! Quando isso acontece com gente que tem responsabilidade logo todo mundo é avisado e o pedido de ajuda para encontrar o animal repercute pelas redes sociais do povo que ama animais... Não foi o caso.

Pelo sim, pelo não, estou esperando novas informações. Mas minha intenção é registrar um Boletim de Ocorrência sobre o fato. 

Até agora a pessoa não apareceu para se explicar.

Foto da adoção >AQUI<

Relato da Sabrina >AQUI<

Resumo da "ópera": "Ana Graciela Acabei de entrar em contato com a Auquemia Veterinária, e me foi passado o seguinte, a pessoa que adotou mora num sítio próximo ao local onde a Sabrina Lopes encontrou a cachorrinha, e hoje de manhã eles entraram em contato com a clínica. O que acontece que essa cachorra é super ativa e eles não querem deixar ela acorrentada e acabou que ela fugiu... tanto é que na própria auquemia ela conseguiu abrir e escapar da gaiola que ela ficava. Agora ela vai estar para adoção novamente pq eles não querem deixar ela acorrentada, então pessoal, ficou esclarecido a situação. Por isso ontem coloquei em um comentário que não podíamos tirar conclusões precipitadas."

Um comentário:

  1. Mas não fizeram ficha de adoção? Simplesmente entregaram a cachorrinha, sem ir checar as condições em que ela ia ficar na casa dos "adotantes"?? Ainda bem que soltaram. Imaginem passar o resto da vida numa corrente, no frio, na chuva.

    ResponderExcluir