1 de out de 2013

Cidadãos agredidos no final de participação de Audiência Pública

Eu estava lá, eu vi e ouvi tudo o que precisava pra ter certeza de quem foi o mandante...
 
"Hoje fizeram-se presentes em uma Audiência Pública do Município de Herval D’Oeste, sobre a prestação de contas do segundo Quadrimestre de 2013, dois representantes do Fiscais da Cidadania (Felipe Matos e Hallan Peterson). É papel do projeto participar e fiscalizar questões de interesse da coletividade. Durante a audiência tudo ocorreu de maneira tranquila, foram sanadas as dúvidas e a explanação foi feita de forma transparente e correta, para que os poucos presentes, conseguissem entender o resultado das contas do município.

Perto do fim da explanação nós representantes do Fiscais e outras testemunhas ouvimos uma pessoa solicitando por telefone que alguém viesse rápido ao local. Pelas circunstâncias não compreendemos direito, mas desconfiamos. Ao sair, ficamos em frente a Câmara de Vereadores conversando com algumas pessoas, os então, representantes presentes e a ativista política e empresária Bete Vieira, debatendo sobre questões do cotidiano. Neste momento fez-se presente um senhor a qual não conhecemos, e começou a conversar com Hallan, Bete Vieira despediu-se de ambos e saiu. Felipe afastou-se para dar privacidade à Hallan, acreditando que o senhor seria seu amigo.

Este senhor passou a aumentar o tom de voz, então Felipe se aproximou novamente ao ouvir do individuo que disse: “É bom você parar de dar de frente com meu amigo vereador, porque se não da próxima vez vai acontecer mais disso”, acertando um soco na perna de Hallan e em seguida um no rosto. Ele partiu também para cima de Felipe que se esquivou, e puxou Hallan para o meio da avenida, o homem os seguiu e perante a possibilidade deste estar portando alguma arma os mesmos solicitaram apoio de Bete Vieira que os levou até a Delegacia de Polícia Civil para registrar Boletim de Ocorrência, sobre o fato e as diversas ameaças que já sofreram por parte do cidadão citado no início da postagem.

É muito triste citarmos tal fato, mas como Fiscais da Cidadania devemos ser transparentes em nossos atos. Sabíamos que a luta seria grande, confessamos não entender até agora o porquê de todo este ocorrido. Violência como todos sabem, não é o caminho. Queremos exercer nossa cidadania, jamais concordaremos com qualquer atitude violenta, seja por parte de protestantes ou por parte de pessoas que defendam interesses obscuros. Agradecemos a todos os que leram essa mensagem até o final, aos outros Fiscais que estão sempre conosco, a advogada Bete Vieira que nos prestou auxílio e ao atendimento da Polícia Civil de Herval D’Oeste que foi feito de maneira rápida e eficiente."


Postado na Comunidade Fiscais da Cidadania

Nenhum comentário:

Postar um comentário